SUSTENTABILIDADE EM UNIDADES DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO (UANS)

APROVEITAMENTO INTEGRAL DOS ALIMENTOS

  • Beatriz de Luca Silva
  • Aline Rafaela de Oliveira Rosa
  • Euleine Natalina da Silva
  • Clara Korukian FREIBERG

Resumo

São altos os níveis de desperdício em Unidades de Alimentação e Nutrição (UANs), assim como a geração de resíduos orgânicos. Dessa forma, a sustentabilidade pode ser empregue por meio do aproveitamento integral dos alimentos. O objetivo foi descrever os procedimentos metodológicos para elaboração de receituário padrão - na forma de e-book - destinado ao aproveitamento integral dos alimentos. O trabalho foi realizado em três etapas, sendo a primeira levantamento bibliográfico nas bases de dados SciELO e Bireme. A partir disso, foram selecionados os trabalhos que identificaram as partes dos alimentos que são consideradas como não comestíveis, tendo por fim, a criação de um e-book com receitas contendo estes alimentos. As partes não aproveitáveis dos alimentos podem ser utilizadas enfatizando o enriquecimento alimentar, diminuindo o desperdício e aumentando o valor nutricional das refeições. O uso dos alimentos de forma sustentável reduziria a produção de lixo orgânico e traria outros benefícios, como promover a segurança alimentar, prolongar a vida útil dos alimentos, beneficiar a renda familiar e além disso, o consumo de partes dos vegetais como cascas, sementes e talos eleva a ingestão de fibras, vitaminas, minerais e compostos bioativos. O aproveitamento integral dos alimentos mostra-se como alternativa de baixo custo e fácil aplicação, considerando que as partes desprezadas são ricas em nutrientes e compostos importantes para saúde e qualidade de vida dos indivíduos. Assim, a elaboração do e-book com receitas poderá ser utilizado nestes locais a fim de promover a sustentabilidade e reduzir a produção de resíduos orgânicos.

Publicado
2021-05-25
Seção
Artigos de Revisão