UTILIZAÇÃO DO INSTAGRAM COMO INSTRUMENTO DE REFLEXÃO SOBRE O IMPACTO DA PANDEMIA DO COVID 19 NA SAÚDE MENTAL DA POPULAÇÃO

  • Andreska Lara Silva Bonfá São Lucas/ Afya
  • Leticia Vitória Vieira Achaval
  • Rodrigo Ramos da Silva Laurino Odaondo
  • Vivian Franciny Amaral Oliveira
  • Emanuel Arislândio Costa Marques
  • Gelma Maria Jeronymo Vieira Neves
  • Janine de Oliveira Alves Gomes
  • Leticia Vitória Vieira Achaval
  • Pedro Felipe de Souza Scherer
  • Kayuanca Nayara Bernardo de Albuquerque
  • Adriany Adrien ramirez Neves
  • Arlindo Gonzaga Branco Júnior
  • Sharon Rose Aragão Macedo

Resumo

Os impactos do covid-19 podem ir além dos problemas respiratórios podendo afetar a saúde mental. Há indícios que tanto a infecção do vírus SARS-Cov-2 como também as medidas tomadas para a contenção da pandemia, como por exemplo, o isolamento social podem levar a alterações no circuito psico-neuroendócrino-imune, impactando o surgimento ou agravamentos de doenças psicossomáticas. Não somente em pessoas infectadas, como também os não infectados, que por fazerem parte do grupo de risco tiveram que se isolar. De acordo com Bo et al. (2020), um estudo demonstrou que 96,2 % dos 714 pacientes com COVID-19 apresentaram durante a fase aguda sintomas de TEPT (transtorno do estresse pós-traumático). Já Kong et al. (2020), relataram a prevalência de 34,72% e 28,47% de sintomas de ansiedade e depressão respectivamente em 144 pacientes com COVID-19. (BO et al., 2020; KONG et al., 2020; RAONY et al., 2020). Sendo assim, se faz necessário atuações dentro deste campo, visto que as pessoas que estão passando por problemas de cunho emocional não podem ser vistas como saudáveis. Desta forma, este trabalho teve o objetivo identificar e analisar as dificuldades encontradas pelas pessoas diretamente afetadas pelo COVID-19, por meio de plataformas virtuais, a fim de fornecer ferramentas para o enfrentamento de tais situações. A metodologia do trabalho baseou-se na utilização da plataforma digital Instagram como meio de interação com o público e a página foi nomeada de PSICORONA. Esta iniciou suas publicações em 08 de fevereiro de 2021, disponibilizando aos usuários da plataforma digital informativos gerais visando a desmistificação das doenças mentais, alertando acerca dos sinais e sintomas destas, e fornecendo ferramentas de prevenção. Além disso, a página apresentou uma entrevista com uma psicóloga clínica, na qual ela pontuou os principais  aspectos observados na clínica após o início da pandemia, dessa forma alertando a população sobre prevenção da saúde mental. Os resultados obtidos mostram que ao longo dos três meses de trabalho o projeto alcançou um total de 4606 contas na plataforma digital Instagram, destas 734 interagiram de alguma forma com o conteúdo publicado, sendo que nas publicações do feed foi observada a maior parte das interações: 644 interações. Ao relacionar cada tipo de interação com o total geral de interações que tivemos com os conteúdos publicados, obtivemos que as curtidas em publicação do feed  representam 74,93%, seguido dos compartilhamentos do conteúdo do feed com 9,54% e 3,27% representaram os comentários no feed. Baseado na interação com o seguidores e mediante aos resultados obtidos foi possível concluir que os reflexos da pandemia do coronavírus na saúde mental são diversos, afligindo a população como um todo sem escolher classe social, gênero, ou etnia, deixando assim  sua marca em grande parte das pessoas. Não é de se esperar menos de um tempo onde o luto e as incertezas fazem parte do dia a dia. Sendo assim, se faz fundamental a elaboração de estratégias que ajudem os indivíduos a passar por este momento de forma menos dolorosa. Desta forma, o presente trabalho atingiu seus objetivos uma vez que propagou informações acerca dos danos causados pela pandemia, como também os transtornos e distúrbios originados ou agravados neste período, além de sugerir estratégias para enfrentar este momento de incerteza. Contudo, vale salientar a importância de pesquisas futuras acerca de como se darão os processos do que foi vivenciado  durante o período pandêmico em um contexto posterior ao mesmo. Afinal é sabido que os seres humanos são indivíduos complexos que necessitam de um estado de equilíbrio biopsicossocial para gozar de boa saúde.


 


 


Palavra - Chave: Saúde Mental; Impactos; Pandemia; Covid-19.

Publicado
2021-09-22