Quimioterapia simplificada para a Covid - 19

  • Marcelo Gima Paz Centro universitário São lucas
  • Helany Caroline Nery Ximenes
  • Rita de Cassia Alves Costa
  • Rosimeire Barbosa dos Santos
  • Lueslem Cordeiro Ferreira
  • Fabiola Pinheiro Carvalho
  • Lainy Pinheiro Nougueira

Resumo

A atuação do farmacêutico na pandemia do novo coronária vírus, representa a primeira possibilidade de acesso ao cuidado em saúde. A terapia medicamentosa capaz de combater o vírus ainda não está elucidada, mas a utilização de medicamentos está sendo direcionada para o fortalecimento do sistema imunológico. Essa defesa do organismo contra patógenos  externos, inicia em hidratação, equilíbrio alimentar, prática de atividade físicas, até a administração de fármacos para suplementação do fortalecimento do organismo. Considerando a alta ingestão de medicamentos desnecessários, configurando o uso irracional de medicamentos, o objetivo do dar-se-á em  esclarecer a atuação do profissional farmacêutico na simplificação da quimioterapia utilizada atualmente para o Covid-19 a partir de revisões bibliográficas em bases de dados nos anos de 2020 e 2021. Os medicamentos manipulados tornam-se mais acessíveis a população pelo preço e praticidade, relacionando a quimioterapia atual utilizada contra a covid-19 em mais de 7 fármacos, os farmacêutico s durante a pandemia modificou a conduta, utilizando-se de uma capsula com todas as vitaminas necessárias para o fortalecimento do sistema imunológico. As mais manipuladas são a partir de Zinco, Vitamina D3, Vitamina A, Magnésio e Vitamina C, sendo esse encapsulamento, uma alternativa às doses padrões disponibilizadas pela indústria, sendo a manipulação uma possibilidade de personalização da dose ou mesmo da combinação de princípios ativos em uma única cápsula, além de mostrar-se uma economia significativa, consoando-se ao alto preço desses alopáticos atualmente. O zinco é um mineral envolvido na resposta dos glóbulos brancos à infecção, estudos comprovam que a suplementação com esse mineral descobriu reduzi a duração do resfriado comum; a Vitamina D3 regula a homeostase do cálcio, substância envolvido em regulação de processos metabólicos; a Vitamina C é essencial para o bom funcionamento do organismo, sendo uma promissora ao enovelamento de proteínas de sustentação, conectada ao aumenta de melhoras respiratórias, além da absorção de ferro no organismo, metal essencial para o bom funcionamento das hemoglobinas, proteínas também conectadas diretamente ao bom processo respiratório; o Magnésio beneficia a hemostasia do organismo, sendo a última característica suplementar. Sendo assim, os medicamentos manipulados são mais acessíveis financeiramente e mais práticos na administração na quimioterapia de fortalecimento imunológico contra a covid-19.


 


 


Palavra chave- Sistema Imunológico, Covid19 e Vitaminas.

Publicado
2021-09-22