QUALQUER SEMELHANÇA É MERA COINCIDÊNCIA

Classe social e dominação em “Os Bruzundangas” de Lima Barreto

  • Simone de Oliveira Mestre

Resumo

A proposta deste do trabalho é apontar as semelhanças entre as críticas do apresentadas na obra pelo personagem narrador em diálogo com os conceitos da Sociologia Clássica (Marx, Weber e Durkheim). Entretanto, em uma releitura atenta do livro é inegável a crítica de Lima Barreto às classes sociais presentes na República de Bruzundanga. É corretor afirmar que há muitos aspectos sociológicos presentes na obra, sendo possível estabelecer conexões e diálogos com diversas teorias, entretanto, para evitar que o presente trabalho não fique confuso como a República de Bruzundanga, vamos dividir o trabalho em duas partes que paralelamente conversam com as perspectivas de Marx e Durkheim.


 

Publicado
2022-07-21