CONFLITOS AGRÁRIOS NA AMAZÔNIA SUL-OCIDENTAL EM TEMPOS DE PANDEMIA DE COVID-19:

QUANDO A RESISTÊNCIA SE TORNA UM DIREITO NO CASO DO MUNICÍPIO DE CORUMBIARA (RO)

  • Jéssica Ferreira Costa Universidade Federal de Rondônia
  • Dival Vieira de Araújo Neto
  • Vanessa Regina Ramos
  • Wilson Guilherme Dias Pereira

Resumo

O paradoxo de longínquos hectares de terra sem função social versus famílias desprovidas de terra para produzir continua na extensão de norte a sul da Amazônia Ocidental. O trabalho posto apresenta a atual reminiscência do conflito territorial de Corumbiara no estado de Rondônia, questionando sobre a desigualdade no campo forjada pela ausência de uma reforma agrária que soterra povos em injustiças e violências instaladas no campo, contexto perpetuado pela omissão do estado e com principal guarita nos movimentos sociais na luta pelo direito à terra. O despejo de famílias em uma violenta reintegração de posse na crise humanitária da COVID-19 revela o ataque aos direitos humanos. Por meio de abordagem qualitativa com procedimento de revisão bibliográfica e entrevistas semiestruturadas se conclui que a desobediência civil elencada na luta popular pelo campo e contra o latifúndio se conduz no clamor: a hora é essa de fazer a divisão!

Publicado
2022-07-21